Qual câmera escolher?

15.6.16

Olá, antenadas!

Há alguns anos eu sonho com uma câmera de boa qualidade para começar a tirar minhas próprias fotos e sair um pouco da posição de modelo, eu sempre quis isso, alguns amigos mais próximos sabem disso e até deixavam eu brincar com suas câmeras hahaha... 
Quando finalmente eu tomei a decisão de que, um dia, gostaria de ter meu material, passei a pesquisar sobre qual câmera comprar e o que, de fato, seria uma boa câmera. 
A maior dúvida de todos os inciantes, assim como a minha, é qual câmera escolher e, infelizmente, esta é uma pergunta sem resposta direta, ninguém pode falar a você qual a melhor câmera, na verdade, a pessoa pode até indicar alguns modelos, mas só quem poderá escolher a melhor é você mesmo, baseando-se em suas necessidades e objetivos. 
No entanto, essa escolha pode ser facilitada através de algumas informações básicas, informações estas que me ajudaram bastante e resolvi compartilhar com vocês. 
Eu sei que muita gente sempre fala que, um bom fotógrafo não depende apenas de uma boa câmera, mas vamos combinar, uma boa câmera faz diferença na vida de uma pessoa sim! Por isso, gostaria de iniciar falando sobre três tipos de câmeras que, hoje em dia, são as mais vistas no mercado. 
Superzoom 
As câmeras superzoom, também conhecidas como bridge são superiores a câmeras compactas, possuem várias opções de configurações, permitindo assim, um maior controle da imagem. Essas câmeras não trocam a lente, mas algumas possuem lentes com qualidade boa, porém, elas não se comportam muito bem em situações com pouca luz. Geralmente elas são grandes, dificultando sua portabilidade. 
DSLR
A sigla significa digital sigle lens reflex e são câmeras que permitem controle totalmente manual, diferente da superzoom, que tem uma parte de suas configurações limitada. Essas câmeras são a mais usadas pelos profissionais por conta de sua qualidade e um fator importante que, pra quem é leigo não parece importante, mas pra quem entende, mesmo que minimamente, é um fator crucial, que é a troca de lentes. Este modelo de câmera é bem variado, tem desde as mais baratas até as mais caras. 
O modelo que escolhi, a T5i é uma DSLR e sim, se eu quiser, posso atuar profissionalmente com ela, basta investir em lentes, porém, em algum momento, a minha pode parecer limitada por não ter um sensor "fodão". 
Mirrorless
As câmeras mirrorless são aquelas com tamanho de compacta, mas com qualidade de câmeras superiores, como uma DSLR. A grande vantagem deste modelo é, de fato o tamanho e, por isso, alguns fotógrafos já estão aderindo como equipamento de trabalho. Elas também trocam as lentes, porém, o investimento é um pouco maior e mais restrito quando comprado ao modelo apresentado anteriormente. 
Agora que conhecemos os três modelos que podem te garantir fotos com uma qualidade de média a ótima, vamos falar um pouco sobre o que define a qualidade de sua imagem. 
Muita gente associa a qualidade da imagem de uma câmera apenas aos pixls e nós, consumidores, não temos culpa desse erro, já que esse mito foi inventado pelo mercado para vender da forma mais fácil. Na verdade, a qualidade da imagem é definida, principalmente, por seu sensor e, sabido isso, você tem duas opções de sensores com preços adequados para iniciantes,já que a terceira opções, que seria o sensor de médio tamanho tá além da realidade de, sei lá, 99% dos brasileiros que desejam iniciar um relacionamento com a fotografia? Mas aquele 1% é ousado, porém, não irei falar sobre esse tipo de sensor aqui e sim as outras duas opções mais usadas. 
O sensor mais acessível são os usados nas câmeras DSLR, que são o sensores APS-C, um pouco menor que seu superior, o full frame. A qualidade do sensor é definida por seu tamanho, por isso citei que o APS-C é menor que seu superior, sendo assim, ele tem aproximadamente 23x15mm, isso pode variar de acordo com o fabricante, mas em média, é isso. Já o Full Frame, um sensor superior, mede aproximadamente 35x24mm. 
Tá, Karly, mas eu faço o que com essa informação? Afinal, qual sensor irei escolher? 
Como falei acima, o sensor full frame tem uma qualidade superior, porém, o sensor APS-C  acaba sendo a melhor opção para quem irá iniciar, primeiro por conta do valor, câmeras com sensores full frame são mais caras, tal como seus acessórios e segundo, seu tamanho, câmeras com sensores full frame são maiores e isso pode dificultar bastante o manuseio para quem irá iniciar a prática agora. E gente, profissionais também usam sensor APS-C, então, nem vem querer ostentar, não é hora pra isso!
Agora que você possui essas informações, basta pesquisar a câmera ideal para você, com base nas funções e preço. 
Se você não viu o post em que falei sobre a minha experiência de compra da T5i, clique aqui e veja, quem sabe a T5i também não seja a câmera ideal para você? 
Boa sorte na escolha!


4 comentários:

  1. Eu lembro que quando comecei a pesquisar sobre câmeras, a t3i era a mais indicada e nunca mais parei de sonhar com ela. Comprei, trabalhei com fotografia, larguei e pra não me arrepender, vendi a t3i. Era uma câmera de entrada assim como a t5i (que é superior), mas era tão incrível quanto. Post esclarecedor :) e parabéns pela conquista.

    Beijo :**
    www.keepcamy.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sonhava com a T3i também, tenho muito carinho por ela e, um dia, ainda compro só pra guardar hahahaha

      Excluir
  2. Eu tenho a Canon EOS Rebel T1i desde quando lançou e ainda amo, imagina só a T5i... deve ser maravilhosa! Faz tempo que to desejando pra poder virar a telinha pra mim e facilitar a gravar vídeos.

    Tempão que não passo por aqui, estava esquecendo! O novo layout tá uma graça. Amei!

    Beijocas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caraca, das antigas a sua, ein? hahahahaha

      Excluir

Gostou?
Deixe aqui sua opinião, é muito importante pra mim receber esse feedback <3
Mas lembre-se, ofensas nunca são bem vindas, seja legal, o bem sempre volta.