Uma moda que exalta a mulher guerreira

26.10.15

Olá, antenadas!
Mais um SPFW passou e a Karlynda aqui não foi, ser blogueira com poder aquisitivo baixo (pra não falar pobre) não é nada fácil, mas olha, acesso à informação eu tenho e muita e faço disso meu maior aliado para ficar ligadinha nas novidades do mundo da moda. 
Depois de uma revisão geral sobre o evento, percebi algo bem legal e que me deixou, de certo modo, bem feliz! Em alguns desfiles do evento fashion, que revelou as tendências do inverno 2016, pude ver uma mulher guerreira com sua feminilidade preservada através de cores, texturas, recortes e cintura marcada, seria uma releitura da mulher atual? Algumas estilistas brasileiras buscaram referências em guerreiras da história real e fictícia, para suas coleções, uma até se inspirou em um dos seriados mais famosos do mundo, o Game of Thrones. O legal disso é poder referenciar uma mulher que não precisa usar sempre mais do mesmo para ser aceita como mulher, pela sociedade, afinal, o é ser mulher? Somos definidas pela roupa que vestimos?
A marca PatBo, de minha estilista brasileira favorita Patricia Bonaldi, apresentou uma coleção inspirada nos Vikings, ela deixou os bordados, sua marca registrada, um pouco de lado e apostou nas franjas e cordas, assim como um tecido mais grosseiro, ela fugiu totalmente da expectativa de sempre, das peças extremamente femininas, como dizem, para outro estilo que, ao meu olhar, foi tão feminino quanto. 
Reprodução: Google


A estilista Helô Rocha, que agora segue com nova marca, que leva seu nome sem o acento (Helo Rocha), depois de fazer a linha Girl para a Têca, teve como ponto de partida de sua coleção, uma viagem que fez ao Alto Paraíso de Goiás, tendo contato com o artesanato local, o que a deixou inspirada para uma coleção de mulheres fortes, com uma pegada boho místico. 
Reprodução: Google


Gloria Coelho mudou o foco de sua linha, nessa coleção, saiu um pouco dos vestidos de festa de costume e apostou no mantô como peça chave da coleção, que foram inspirados no glamour guerreiro cool dos antigos povos nórdicos, mais especificamente, na fortaleza comandada por John Snow na série Game of Thrones
Reprodução: Google
Agora, fugindo das roupas e direcionando nosso olhar para make e hair, observamos, através do trabalho da beauty artist Lau Neves, que conseguiu transmitir a união de delicadeza e força no desfile de Lollita, que também teve como base as mulheres gurreiras. "É uma mistura de medieval e urbano. Uma mulher que tem um pouco dessa coisa antiga e super feminina, mas ao mesmo tempo é guerreira", disse. 
Reprodução: Google

E aí, quem também estava ligadinha no evento? 
Me acompanhe nas redes sociais

0 comentários:

Postar um comentário

Gostou?
Deixe aqui sua opinião, é muito importante pra mim receber esse feedback <3
Mas lembre-se, ofensas nunca são bem vindas, seja legal, o bem sempre volta.