Não existe forma física perfeita

17.8.15

Olá, antenadas!

Outro dia, em uma aula sobre desenho, meio que fora de contexto, o professor citou a alta exposição de uma perfeição inexistente, aquela estampada em revistas, onde as mulheres são apresentadas de uma forma surreal, sem defeitos, sem normalidades cotidianas, afinal, seria normal uma mulher sem nenhum defeito?
Eu sem odiei o formato irregular do meu rosto

Diante disso tudo, comecei analisar minhas redes sociais, onde vocês, meus seguidores, se deparam com uma pessoa bem arrumada, bem maquiada, feliz, alta, magra e sempre de bem com a vida, que posta fotos em busca de elogios para inflar seu ego. Mas não é só isso, as redes sociais passa uma impressão de vida perfeita. cheia de momentos bons, de roupas bonitas e uma 'anormalidade real" e acabamos nos afastando das realidades rotineiras, dos problemas diários e o mais importante, a impressão de corpos perfeitos. 
Vendo tudo isso, cheguei a conclusão de que, talvez, essa exposição sem defeitos aparentes podem mexer com a autoestima de pessoas que se acham inferiores por conhecerem seus "defeitos" e acreditam que não fazem parte desse padrão surreal imposto pela sociedade. Não estou falando aqui que irei sair postando fotos "desarrumada" e sempre mostrando imperfeições, seria hipocrisia de minha parte, mas precisava de um desabafo aqui, para mostrar que nem a mais bonita aos olhos da maioria, tem aquela perfeição que imaginamos, o que temos é um padrão que a sociedade expõe e um padrão que a sociedade julga. 
Eu acho minhas costas largas e odeio as manchas brancas que não possuem tratamento

Eu tenho defeitos como qualquer outra pessoas, coisas em meu corpo que eu não gosto, que procuro esquecer. Claro, essas coisas não fazem com que eu me ame menos, eu me acho linda e sei do meu potencial, mesmo assim, acabo, meio que no automático, omitindo partes de meu corpo por um simples julgamento relativo do que seria feio ou bonito. Não sei se expor elas me ajudaria a encarar melhor, já fui mais encanada com tudo isso, não me importo tanto quanto antes, acredito que esses defeitos são detalhes que fazem de mim uma pessoa completa. E você, já analisou que sua autoestima não 
depende de uma perfeição surreal?
calço 39 e odiava os comentários alheios e por isso achava meu pé feio

Me acompanhe nas redes sociais

7 comentários:

  1. Sempre temos algo que não gostamos em nós, ninguém é perfeito!
    Amei o texto! E adoro o jeito como você expõe as coisas!!!
    Você é minha motivação diária sabia Karly?! Adoro o jeito como você mostra
    o quanto se ama/ se valoriza. Tiro o chapéu pra isso :)
    beijinhos, Rê
    http://blogsonhosdeverao.com.br

    ResponderExcluir
  2. Eu adoro seus posts Karly, mas adoro mais ainda posts como esse <3 Parabéns por ser a pessoa que você é, continue inspirando mais e mais pessoas!!! beijos sua LINDA

    www.amantederimel.com.br

    ResponderExcluir
  3. Que texto! Eu sempre tive sérios problemas com a auto estima e o blog me ajudou muito. Temos uma séria tendencia de nos compararmos aos padrões da mídia e passamos a ver nossas "imperfeições" como "defeitos". Já fui muito mais encanada com o fato de ter pouco seio, com não gostar do meu nariz e até mesmo com a minha altura. Mas como tu mesma disse, essas questões fazem de mim uma pessoa completa, real!
    Adorei, Karly!

    Beijos :*
    www.oiclo.com.br

    ResponderExcluir
  4. Perfeito Karly..acho muito valido esse tipo de reflexão!!
    Ninguem é perfeito e nem vai ser, temos que nos gostar assim mesmo.

    ResponderExcluir

Gostou?
Deixe aqui sua opinião, é muito importante pra mim receber esse feedback <3
Mas lembre-se, ofensas nunca são bem vindas, seja legal, o bem sempre volta.