A abordagem da homossexualidade em séries

17.6.15

Olá, antenadas!
Hoje o post foi especialmente criado para que a família tradicional brasileira, o boicote (risos eternos)
Agora sem brincadeiras, hoje estamos aqui, mais uma vez, para falar sobre homossexualidade que, a cada ano, ganha mais espaço na mídia e isso anda incomodando muita gente, como se ser homossexual fosse contagioso e afetasse em alguma na vida alheia. 
Há muito tempo eu acompanho muitas séries e de uns tempos pra cá, o número de séries que andam acrescentando em seu elenco, casais gays, aumentou em minha lista, mas a questão aqui não é o fato de termos casais gays nos seriados, é forma natural que eles abordam isso. 
No Brasil, sempre que surge um casal gay na mídia é o maior "bafáfá" eles criam um romance cheio de pudores, como se não existisse um casal ali, como se fossem duas pessoas que se amam e possuem a obrigação de se esconder, pois quem assiste pode se incomodar. É difícil pensar que casais se beijam, se abraçam, possuem relações sexuais, são melosos e fofinhos, mesmo que esse casal seja gay? O que eu percebi é que, nos seriados americanos, a homossexualidade anda sendo tratada com mais naturalidade, primeiro, porque eles possuem, de fato, relação de casal, segundo, porque as pessoas ao seu redor não demonstram se importar com o fato de ser duas pessoas do mesmo sexo se relacionando, encaram como um casal, o que de fato é, quer coisa mais normal do que duas pessoas apaixonadas?
Vou apresentar alguns dos meus casais gays favoritos, das séries. 
Josh e Aiden (The Originals)
Cosima e Delphine (Orphan Black)
Emily e Paige (Pretty Little Liars)
Danny e Ethan (Teen Wolf)
E vocês, o que acham? Alguém assiste alguma série que possui casal gay?
Beijos. 


Me acompanhe nas redes sociais

5 comentários:

  1. Adorei seu post, flor!! :D
    Eu concordo contigo! Acho que temos que respeitar!! :D
    Beijos : *

    Blog da Elen
    Fan Page | Instagram

    ResponderExcluir
  2. Tinha o Nolan em Revenge, e Orange is the new Black aborda bastante o tema, aliás, a história principal gira em torno do fato da principal ter tido uma namorada traficante e foi presa 10 anos depois como cúmplice, rsrsrs. E como o enredo é uma prisão só de mulheres. Existe, inclusive, um personagem, aliás, UMA personagem trans.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, lembro do Nolan, mas parei de acompanhar e na hora do post nem me liguei

      Excluir
  3. Tem a série Faking It, que aborda bastante o assunto! A série é bem legal por que a história tem como ambiente principal o colégio que as pessoas diferentes (gays, emos, nerds etc) é que são legais e populares, daí a alarma e Amy sao melhores amigas e são confundidas pelo Shane (um adolescente gay) como casal lésbico, a Karma como que sempre quis ser popular aproveita a atenção que passa a ter pra finjir com a Amy que são realmente um casal, mas Amy descobre que sempre foi apaixonada pela melhor amiga. Ufa, penso spoilers mas só pra resultar que nessa série as pessoas diferentes são aceitas quando no mundo real infelizmente não acontece assim

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já quero, ou catar ela!! Você gosta?

      Excluir

Gostou?
Deixe aqui sua opinião, é muito importante pra mim receber esse feedback <3
Mas lembre-se, ofensas nunca são bem vindas, seja legal, o bem sempre volta.