Um colchão na sala e um ensaio dos sonhos

9.12.16

Olá, antenadas!!

Desde que me envolvi com a fotografia, uma das grandes dúvidas sobre os ensaios é o local em que ele será feito, as pessoas se preocupam demais com a beleza do local e esquecem que, na verdade, o foco de um ensaio é a pessoa que será fotografada. Claro, escolher um local que remeta a uma ideia é necessário, mas o local perfeito não faz a foto perfeita, precisamos ter criatividade para transformar lugares simples em lugares perfeitos e foi isso que propus a fazer quando comecei a fazer ensaios, tento mostrar sempre que mais vale um fotógrafo que aproveite bem o espaço do que um fotógrafo que aproveite apenas o que já se encontra pronto. 
Eu amo ensaios feitos em casa, tramite leveza, aconchego, naturalidade, é bem mais confortável para quem é tímido e não suporta as pessoas olhando seus movimentos na rua, enquanto é fotografado e, pensando nisso, decidi planejar um ensaio feito em minha casa, em meu apartamento com uma sala minúscula e com um sofá velho. O problema do sofá foi resolvido, peguei meu colchão, coloquei um lençol de cor clara e limpinho, analisei a luz durante um dia inteiro, começando às 6 da manhã (sim, coloquei despertador para acordar e ver como se comportava a luz em minha janela da sala) e descobri que das 6h às 8:30, o sol bate em toda a extensão que eu iria usar e que das 8:30h às 9:30 ele vai sumindo, beirando os cantos, até deixar minha sala totalmente livre do seu calor, das 15h às 16:30h, recebo uma luz leve, mais fria e depois das 16:30 já não serve mais para fotos legais. Com essas informações, busquei uma menina, busquei inspirações e marquei o ensaio que vocês irão conferir agora. 
E aí, o que acharam???
Vamos colocar o colchão na sala e fotografar? 

tatuagens incríveis inspiradas em frida kahlo

7.12.16

Olá, antenadas!!!
Uma das minhas metas de vida é fazer uma tatuagem inspirada em Frida Kahlo que, com sua história de luta me inspirou bastante em minha vida e como tatuagem é uma arte que registra sobre nossa história, decidi que ela merece ser registrada em minha pele.
Pra quem não conhece a história dessa grande mulher, em resumo da coisa, Frida Kahlo foi uma importante pintora mexicana do século XX. É considerada, por alguns especialistas em artes plásticas, uma artista que fez parte do Surrealismo. Porém, a própria Frida negava que era surrealista, pois dizia que não pintava sonhos, mas sua própria realidade. Ela passou a pintar aos 18 anos, após um acidente de ônibus que a deixou acamada por meses, durante esse período, foi abandonada por seu namorado que não suportou a barra, mais tarde, recuperada, casou-se com um pintor, foi um casamento bem conturbado e arriscaria dizer que foi um relacionamento abusivo, após várias traições, Frida acordou e o deixou. Sofreu três abortos durante sua vida, assim como momentos difíceis devido ao uso excessivo do álcool. Após uma doença grave que causou várias complicações, Frida descansou, deixando um legado inspirador!
Dei uma olhada na minha pasta de inspirações e pensei, porque não? Resolvi compartilhar com vocês algumas das minhas inspirações favoritas para, quem sabe, inspirar vocês também. 
E aí, quem ficou querendo tatuar uma dessas?